Órgãos municipais se reúnem na SMASDH para falar sobre ações intersetoriais

O secretário municipal de Assistência Social e Direito Humanos, João Mendes de Jesus, reuniu-se, nesta manhã, com a inspetora geral da Guarda Municipal, Tatiana Mendes, o secretário de Ordem Pública, coronel Paulo Amêndola, com representantes da Secretaria Municipal de Saúde e suas equipes técnicas para falar sobre as ações intersetoriais, quando os órgãos de juntam para fazer o acolhimento de pessoas em situação de rua, dentro das regras e leis estabelecidas, respeitando o desejo e vontade do cidadão.

Trata-se de um trabalho que visa não apenas oferecer abrigo, mas também assistência médica, tratamento específico para usuários de drogas e acompanhamento de uma forma geral, a fim de haver reinserção social. Um dos pontos monitorados pelos órgãos é a Avenida Brasil, que, por ser uma via expressa, concentram-se pessoas em situação de vulnerabilidade.

O trabalho a ser realizado no local é de seguimento, onde os resultados não são imediatos e sim contínuos.  Hoje, a SMASDH possui 32 unidades de acolhimento e equipes que trabalham 24 horas por dia.

“Sabemos que não é um trabalho fácil. Não é só oferecer abrigo aos cidadãos, principalmente aos dependentes químicos que precisam de tratamento médico especializado. Por isso, os órgãos municipais estão reunidos para pensarmos sobre a melhor forma de para darmos a assistência necessária para o cidadão que deseja nossa ajuda e assim evitarmos acidentes, como vemos frequentemente nas vias expressas, como é o caso da Avenida Brasil” — conclui João Mendes de Jesus.

Coordenação de Comunicação da SMASDH

 

About Author

Connect with Me: