| Jun , 14 , 2019

SMASDH lança CRAS Márcio Brotto em meio a homenagens e conquista



A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) inaugurou hoje o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Márcio Brotto, no bairro do Anil, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O CRAS irá atender moradores do Anil, Gardênia Azul, Itanhangá e parte da Barra da Tijuca. A unidade tem mais de 200 metros quadrados e fica em uma região de área verde.

O CRAS é uma unidade de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social, que tem por propósito prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, além da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

O Centro tem como público prioritário em suas ações os beneficiários de algum benefício da Assistência Social, como, por exemplo, o Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) ou outros benefícios da Assistência Social, ou ainda famílias em situação de vulnerabilidade social devido à fragilização dos vínculos familiares ou com a comunidade.

O principal serviço do CRAS é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), desenvolvido principalmente em grupos, bem como busca a participação da família para promover orientações e prevenir situações de vulnerabilidade ou violência.

Márcio Brotto – O servidor escolhido para dar nome ao Centro era um renomado profissional de serviço social. Mestre em Serviço Social, ele lecionava em diversas universidades. Sua paixão era estar com as pessoas.

Na Secretaria, fez atendimento na área de Serviço Social nos CREAS Maria Lina. Em seguida, coordenou a Escola Carioca de Gestores de Assistência Social, de 2004 a 2009, onde organizou diversos seminários sobre atendimento e acompanhamento familiar, além de cursos de aperfeiçoamento da prática profissional, com participantes, inclusive, de outras prefeituras.

Elaborou diversos congressos sobre variados temas, bem como é autor de 19 publicações de Cadernos da Escola Carioca de Gestores de Assistência Social, que refletem a práxis dos profissionais da SMASDH. Márcio Brotto tinha 43 anos, quando faleceu em 2017.

A assistente social, Liliane Brotto, e a estudante de nutrição, Laís Brotto, sobrinhas do assistente social, Márcio Brotto, estiveram presentes na inauguração do CRAS e se emocionaram bastante. “O meu tio era uma pessoa maravilhosa, preocupado com os outros. Ele sempre me inspirou, inclusive por causa dele eu escolhi me formar também em serviço social. Espero que este espaço venha dar muitos frutos. Fico feliz, estou muito agradecida com a homenagem e a lembrança” — afirma Liliane.

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus descerrou a placa juntamente com as sobrinhas de Márcio e falou sobre a importância da inauguração.

“Há pouco mais de um ano, recebi do Prefeito Marcelo Crivella a tarefa de estar à frente da SMASDH, desde então tenho conhecido o cotidiano dessa Pasta e os desafios que estão em nossa pauta. Tenho também constatado a importância dos Serviços e ações da Assistência Social, sobretudo no atendimento à população mais vulnerável da Cidade.

Estou bastante feliz em inaugurar um novo espaço para o antigo CRAS Cidadania Rio das Pedras e possibilitar um ambiente digno para os profissionais e usuários, um ambiente mais adequado às diretrizes do governo federal para a execução dos serviços da Proteção Social Básica” — afirma João Mendes.

As subsecretárias de Proteção Básica e Especial, Danielle Murta, de Direitos Humanos, Quésia Betânia, de Integração e Promoção da Cidadania, Regina Santos, além do superintendente de Jacarepaguá, Leandro Marques, estiveram presentes.

     



Scroll Up

Newsletter

Sua participação é muito importante. Contribua, opine, receba nosso conteúdo!

[cp_simple_newsletter]

%d bloggers like this: